“Trabalhem muito para que a gente vença no primeiro turno”, pede Caiado

Ao lado do vice, Daniel Vilela (MDB) e representantes de todas siglas da base, governador garantiu empenho para desenvolver ainda mais o estado

Em

A convenção do União Brasil e partidos aliados consolidou o nome do governador Ronaldo Caiado na disputa pela reeleição ao governo de Goiás e de Daniel Vilela, do MDB, à vice. Realizada na tarde/noite desta sexta-feira, 5, no CEL da OAB-GO, em Aparecida de Goiânia, reuniu os três candidatos da base ao Senado: Alexandre Baldy (Progressistas), Vilmar Rocha (PSD) e Waldir Soares (União Brasil).

Na convenção, cercado de aliados do MDB, PP, PSD, Cidadania, PSC, Pros, PTB, Solidariedade, PRTB, Podemos e Avante, além do próprio União Brasil, Caiado foi recebido pela militância e por mais de 200 prefeitos de Goiás, que declararam apoio à candidatura dele à reeleição. Caiado disse que vai trabalhar dobrado pelo desenvolvimento do estado ao lado de seu vice, Daniel Vilela e que quer vencer a disputa ainda no primeiro turno. “Arregacem as mangas e trabalhem muito para que a gente vença no primeiro turno. Vamos trabalhar para desenvolver Goiás ainda mais’, disse.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Daniel Vilela lembrou que pela primeira vez o MDB não tem um candidato ao governo de Goiás, mas ressaltou que esse fato é menos relevante porque o partido caminha ao lado de Ronaldo Caiado, grande parceiro dos dois maiores políticos emedebistas: Iris Rezende e Maguito Vilela.

LEIA TAMBÉM

• Patrimônio dos novos candidatos ao Senado por Goiás soma R$ 73,4 milhões• Desde 2019, clube de tiros em Goiânia vendeu mais de três mil armas de fogo• Em vigor há quatro anos, lei que proíbe uso de sacolas plásticas no comércio não é aplicada em Goiás

“É uma alegria poder receber aqui lideranças dos 246 municípios de Goiás”. Caiado agradeceu aos pré-candidatos que abriram mão de suas pretenções para aumentar a abrangência da coligação, como fizeram o senador Luiz do Carmo e Lissauer Vieira, que abriram mão de suas candidaturas ao Senado, e Lincoln Tejota, que abriu mão de continuar a ser vice para que o MDB de Daniel Vilela pudesse ser seu vice. “É assim que se faz política”, afirmou.

Tags:

Rosana Melo

Rosana Melo é jornalista, vencedora dos prêmios: Prêmio AMB de Jornalismo da Associação dos Magistrados Brasileiros - Regional Centro Oeste; 13º Prêmio Embratel Regional Centro Oeste; 2º Prêmio MP-GO de Jornalismo; Prêmio OAB-GO de Jornalismo - todos em primeiro lugar e menção honrosa como finalista em dois Prêmios Esso categoria Jornal Impresso.