// Poder

Exame/Ideia: pesquisa traz Lula com 45% e Bolsonaro com 36% na corrida ao Planalto

Pré-candidato petista segue à frente do atual presidente, resultado que se repete em todos os levantamentos de intenções de votos

Em

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue à frente nas intenções de voto para o primeiro turno das eleições de outubro deste ano. Na corrida ao Palácio do Planalto, pesquisa Exame/Ideia divulgada nesta quinta-feira, 23, aponta que ele tem 45% da preferência do eleitorado, contra 36% do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Na sequência aparecem o ex-ministro Ciro Gomes aparece com 7%; a senadora Simone Tebet (MDB) tem 3%, e o deputado federal André Janones (Avante), 1%. O cientista político Luiz Felipe D’Avila (Novo) e Pablo Marçal (Pros) têm 0,5% cada; a sindicalista Vera Lucia (PSTU), 0,3%; e Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP) e o deputado federal Luciano Bivar (União Brasil), 0,1% cada.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Considerando a margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos, Ciro, Tebet e Janones estariam tecnicamente empatados  na corrida pela presidência. O mesmo se aplica à parte debaixo, onde os últimos colocados citados na pesquisa aparecem em empate com com Tebet e Janones, mas não com Ciro.

LEIA TAMBÉM

• Vai pescar? Produtos apresentam variação de até 200%, em Goiânia• Lula, Bolsonaro, Tebet e Ciro cumprem agenda em Salvador neste sábado, 2• Vídeo: Adele surpreende o público ao gritar ‘Fora Bolsonaro’ em show

Não votam em ninguém, votam branco e/ou nulo, somaram 3% e não sabe foram 4%.

Essa foi a primeira vez que o levantamento é realizado sem o nome do ex-governador de São Paulo, João Doria, que, isolado no PSDB, deixou a disputa presidencial no final de maio. Assim, não há paralelo possível entre esta pesquisa e a anterior feira pelo mesmo instituto. No mês passado, Lula tinha 41% das intenções de voto; Bolsonaro, 32%, e Ciro, 9%

O levantamento ouviu 1,5 mil pessoas, por telefone, entre 17 e 22 de junho. O índice de confiança da pesquisa é de 95%. Ela foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o código BR-02845/2022.

Tags: