//

Governo Caiado vai beneficiar com R$ 250, mais de 100 mil famílias no Programa Mães de Goiás

Em

O Mães de Goiás, recém-lançado pelo governo do Estado, é um dos maiores programas de transferência de renda para mulheres chefes de família que estão em situação de vulnerabilidade social. Ele pretende alcançar cerca de 100 mil goianas a partir de setembro de 2021, o que representa um investimento de mais de R$ 219 milhões, por meio do Fundo de Proteção Social do Estado de Goiás (Protege Goiás).

O programa é destinado para mulheres com filhos de até 6 anos, com o objetivo de fortalecer o papel protetivo da mãe, dando para ele e a criança segurança alimentar, além de fomentar renda e oferecer melhor qualidade de vida. O governador Ronaldo Caiado, que também é médico, chamou a atenção, quando lançou o Mães de Goiás no início do mês, para a faixa etária contemplada pelo novo programa de transferência de renda. “A primeira infância, que vai até os 6 anos, é o momento de crescimento, principalmente cognitivo, conforme estudo de base internacional. Um déficit alimentar pode provocar sequelas eternas”, salientou.

O Mães de Goiás surgiu a partir dos estudos e debates do Gabinete de Políticas Sociais (GPS) com as prefeituras do Estado. Ele integra os trabalhos do Programa Goiás Social, ação criada pelo governador Ronaldo Caiado para o enfrentamento às vulnerabilidades sociais nos municípios goianos. Contudo, não é apenas uma iniciativa de transferência de renda, mas sim um programa compensatório.

As famílias contempladas terão direito ao novo benefício do Governo de Goiás por meio de um calendário progressivo, que incluirá todas as beneficiárias em até 10 meses. O programa utilizará a base de dados do Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) e será realizado por meio de transferência de renda direta. O calendário será divulgado no site da Seds (https://www.social.go.gov.br).

A presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais, primeira-dama Gracinha Caiado promoveu uma live com as primeiras-damas e gestores sociais de todos os municípios goianos para explicar como vai funcionar o programa e pedir que cada tratem pessoalmente com as beneficiárias de cada um dos 246 municípios do Estado. “Essa troca de informação é muito importante e garante a transparência e celeridade das ações. O Mães de Goiás é um programa grande e necessitamos do apoio dos municípios”, explicou a primeira-dama.


Rosana Melo

Rosana Melo é jornalista, vencedora dos prêmios: Prêmio AMB de Jornalismo da Associação dos Magistrados Brasileiros - Regional Centro Oeste; 13º Prêmio Embratel Regional Centro Oeste; 2º Prêmio MP-GO de Jornalismo; Prêmio OAB-GO de Jornalismo - todos em primeiro lugar e menção honrosa como finalista em dois Prêmios Esso categoria Jornal Impresso.