// Poder

José Eliton deixa ninho tuncano rumo ao PSB de Geraldo Alckmin

Nas redes sociais, informou que não tem intenção de ser candidato em 2022

Em

O ex-governador de Goiás José Eliton deixa o PSDB e parte para novos projetos políticos em 2022. E o destino do agora do ex-tucano é o PSB de Geraldo Alckmin.

José Eliton comunicou sua decisão através de uma carta renunciando a presidência do PSDB em Goiás e a sua desfiliação partidária destinada ao presidente nacional da sigla, Bruno Cavalcanti de Araújo.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Eliton já estava afastado do cargo de presidente do PSDB em Goiás desde o ano passado por motivos de saúde. Desde então, o ninho tucano passou a ser dirigido interinamente pelo também ex-governador Marconi Perillo.

LEIA TAMBÉM

• Caiado tem 57% dos votos válidos, aponta pesquisa Diagnóstico• Caiado conquista novas lideranças políticas em Goiânia• Prefeitos do PSDB fecham com caiado

Nas redes sociais, José Eliton já anunciou quais seus projetos políticos a partir de sua chegada a nova sigla.

Por enquanto, o ex-governador disse que não chega ao PSB com a intenção de ser candidato em 2022, mas sim para formar uma frente ampla de centro-esquerda no Estado em oposição ao projeto de Ronaldo Caiado (União Brasil).

O convite para José Eliton ingressar no PSB partiu de Geraldo Alckmin com a batuta do presidente do partido em Goiás, deputado federal Elias Vaz.

Assim, em suas redes sociais, José Eliton postou que “vou trabalhar para contribuir com as pré-candidaturas do presidente Lula e do vice-presidente Geraldo Alckmin. Vou trabalhar para que tenhamos uma frente ampla em Goiás, se possível já no primeiro turno, para vencermos as eleições e recolocar Goiás nos trilhos de desenvolvimento e da Justiça Social”.

Tags: