// Poder

Kajuru é réu no STF, agora em processos de Baldy e Vanderlan

Novamente senador tem queixas crimes por injúria e difamação em declarações dadas por ele em suas redes sociais

Em

Essa semana o senador Jorge Kajuru (Podemos) foi condenado a pagar indenização de R$ 20 mil ao ex-governador Marconi Perillo (PSDB), que venceu uma ação na justiça ao alegar ser vítima de calúnia e difamação por declarações feitas pelo senador em suas redes sociais.

Agora, novamente o senador vira réu no STF , dessa vez por pelo menos seis novas ações, movidas pelo ex-ministro Alexandre Baldy (PP) e também pelo senador Vanderlan Cardoso (PSD), alegando serem vítimas de injúria e difamação por declarações de Kajuru também em suas redes sociais.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O parlamentar disse que já recorreu as decisões dos novos processos que começaram a correr em outubro de 2020. Contra Baldy, em postagens feitas em 2019, além de ofensas pessoais, o senador disparou que o ex-ministro faz parte de esquema envolvendo jogos de azar.

LEIA TAMBÉM

• Governo Federal tem cinco dias para explicar manual contra aborto legal• PF investiga governo Bolsonaro por pagar propaganda superfaturada• STF decreta sigilo na apuração de suposta interferência de Bolsonaro no MEC

Sobre o colega de parlamento, Kajuru chamou o senador Vanderlan de “pateta bilionário” e diz que o político tem ligações com crime organizado. Em nenhuma das declarações Kajuru apresenta provas das acusações que faz.

 

Tags: