Jornal Diário do Estado

// Poder

Maravilhado e esquecido: Bolsonaro chama Biden de Trump

Mesmo dizendo que se impressionou com o atual presidente do EUA, o chefe de Estado brasileiro trocou o nome dele pelo do antecessor

Em

Presidentes do Brasil e dos Estados Unidos se encontraram no final dessa semana durante a Cúpula das Américas em Los Angeles e na sequência o político brasileiro cometeu um belo deslize.

Depois de conversar reservadamente com Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, o presidente Bolsonaro cometeu o que ele mesmo chamou de “ato falho”.

Durante transmissão de uma live por suas redes sociais, o presidente do Brasil chamou o líder norte-americano de “Trump”, o ex-presidente que foi derrotado por Biden nas últimas eleições.

Na sequência Bolsonaro riu e corrigiu o erro e ainda admitiu que o “ato falho” viraria um “escândalo” na imprensa.

“Ontem tivemos a bilateral com o presidente Trump. Ou melhor, desculpa o ato falho. Joe Biden. Ah, vai ser o escândalo na imprensa aí, né?”, disse, aos risos.

Depois de se corrigir Bolsonaro deu alguns detalhes sobre a conversa com Biden. Foi a primeira vez que os líderes se encontraram desde quando o presidente americano foi eleito, em fevereiro de 2021.

Bolsonaro era apoiador de Donald Trump e à época, chegou a questionar a lisura das eleições nos Estados Unidos.

“Tratamos de vários assuntos em 30 minutos. Assuntos de interesses dos nossos Países e que também interessam para o mundo tudo. Senti confiança na conversa com ele”, continuou a live.

Tags: