// Poder

Número 2 da Caixa Econômica também é exonerado

Celso Leonardo Barbosa, vice-presidente de Negócios de Atacado da CEF é citado em áudios de mulheres que denunciaram abuso sexual do ex-presidente Pedro Guimarães

Em

Celso Leonardo Barbosa, vice-presidente de Negócios de Atacado da Caixa Econômica Federal (CEF) também deve deixar o cargo. A exoneração está prevista ainda para esta sexta-feira (1º).

Celso é considerado o número 2 do banco público e, de acordo com publicação de Lauro Jardim, colunista do O Globo, ele foi citado nas acusações de assédio sexual que fizeram Pedro Guimarães, pedir demissão da presidência da CEF nesta semana.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Ainda segundo o colunista o nome de Barbosa apareceu nas denúncias feitas por uma funcionária na Ouvidoria do banco. A mulher relata ter sido vítima de assédio e destaca que Celso Leonardo colaborou com Guimarães em algum caso.

LEIA TAMBÉM

• Vereador de Luziânia tem suspensão de cargo prorrogada a pedido do MP• Vídeo: Jovens são mortos em confronto com a CPE, em Catalão• Dos cerca de 200 candidatos ao governos estaduais no Brasil, só 34 são mulheres

Em uma das denúncias, uma ex-funcionária da Caixa Econômica, disse que algumas colegas chegavam a se esconder no banheiro para evitar o assédio sexual do ex-presidente da instituição, Pedro Guimarães.

 

Tags: