// Poder

Pedro Guimarães deixa presidência da CEF após denúncias de assédio sexual

Presidente da estatal não resistiu às denúncias reveladas nesta terça, 28, pelo Metropoles. Em seu lugar assume Daniella Marques Consentino

Em

Definido. O economista Pedro Guimarães deixa a presidência da Caixa Econômica Federal (CEF), a pedido, após o escândalo das denúncias de assédio sexual feitas por servidoras do banco público. A saída foi publicada no DOU (Diário Oficial da União), e se dá após o portal Metrópoles publicar, nesta terça-feira, 28, denúncias de servidoras afirmando que foram vítimas de assédio sexual praticado por ele.

Na carta com o pedido de demissão, o executivo, que foi indicado ao cargo pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) em 2019, nega as acusações. O lugar de Pedro Guimarães será ocupado por Daniella Marques Consentino, amiga do ministro da Fazenda, Paulo Guedes, e considerada uma das protagonistas da gestão dele.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O texto do Diário Oficial da União diz: “O presidente da República, no uso da atribuição que lhe confere a Constituição, e tendo em vista o Estatuto da Caixa Econômica Federal, resolve exonerar, a pedido, Pedro Guimarães do cargo de presidente da Caixa Econômica Federal e nomear Daniella Consentino para exercer o cargo”.

LEIA TAMBÉM

• Em Goiânia, literatura ganha impulso com redes sociais e adaptações de TV e cinema• Goiânia recebe feira de discos de vinil, com muita música e várias atrações• Tipo ‘Sessão da Tarde’: goiana se casa com indiano após comentário em rede social

O anúncio da saída de Guimarães ocorreu após evento sobre o Plano Safra, realizado no Palácio do Planalto. Trata-se de um programa que a Caixa Econômica Federal participa.

Quem é Daniella Conasentino

Danieela tem anos de atuação no mercado financeiro, na área de gestão independente de fundos de investimentos. Foi sócia do ministro Paulo Guedes na Bozano Investimentos, onde ocupou a Diretoria de Compliance e Operações e Financeiras (COO e CFO). Antes da nomeação, Daniella Marques estava na Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia.

Tags: