Jornal Diário do Estado

// Facilitando o juridiquês

Saiba como proteger seus bens através da Holding Familiar

A holding familiar é uma modalidade que vem crescendo constantemente no país, que de forma segura, diminui os encargos fiscais e proteje os seus bens.

Em

Você conhece o termo Holding Familiar? Ele pode ser a saída para ter menos encargos fiscais, ter mais segurança no seu patrimônio a longo prazo, além de evitar penhora dos seus bens. Uma holding familiar é uma empresa criada para deter e gerenciar os bens e patrimônio de uma família. Geralmente, é uma estrutura societária formada por membros de uma mesma família que detêm participações na empresa e exercem o controle sobre a gestão e as decisões estratégicas.

A holding familiar pode ser utilizada para diversos fins, como facilitar a sucessão familiar, proteger o patrimônio da família, planejar a gestão e a sucessão dos negócios, entre outros. Além disso, ela pode ter benefícios fiscais, como a redução da carga tributária. Entretanto, uma holding familiar não possui a intensão de atividade comercial, mas sim de gerenciamento, proteção e desenvolvimento de bens de uma família.

Portanto, as holdings familiares são bastante comuns em empresas familiares, onde a gestão e o controle estão concentrados nas mãos de um núcleo familiar. Elas podem ser estruturadas de diversas formas, como uma sociedade limitada ou uma sociedade anônima, por exemplo, e devem ser constituídas por meio de um contrato social registrado na Junta Comercial.

A principal vantagem da holding familiar é a possibilidade de centralizar a gestão de diferentes negócios e investimentos em uma única empresa, facilitando a tomada de decisões e a implementação de estratégias de longo prazo. Além disso, a holding pode oferecer benefícios fiscais e proteção patrimonial para os membros da família.

Os membros da família que possuem participação na holding podem receber dividendos e lucros provenientes dos negócios controlados pela empresa. A holding também pode ser utilizada para planejamento sucessório, permitindo que os membros da família possam transferir seus ativos e investimentos para as próximas gerações de forma mais organizada e eficiente.

Para criar uma holding familiar, é necessário contar com o apoio de um advogado e um contador para avaliar as melhores opções de estruturação e gestão dos negócios e investimentos da família. É importante definir claramente as regras de governança corporativa e os papéis e responsabilidades de cada membro da família envolvido na holding.

Para o bom desenvolvimento de uma holding familiar, é interessante:

1. Definir um propósito claro: É importante definir qual é o propósito da holding familiar, seja ele de natureza financeira ou de sucessão patrimonial. Isso irá direcionar as ações e decisões da empresa.
2. Estabelecer regras e normas: É necessário estabelecer regras e normas claras para a gestão da empresa, de forma a evitar conflitos e garantir a harmonia entre os membros da família.
3. Separar o patrimônio pessoal do empresarial: É importante que os bens pessoais dos membros da família estejam separados do patrimônio da empresa. Isso garante a segurança financeira de todos os envolvidos.
4. Investir em gestão profissional: A holding familiar deve contar com uma gestão profissional, com um corpo de diretores e conselheiros que possam orientar a tomada de decisões estratégicas.
5. Capacitar os sucessores: É importante capacitar os sucessores da empresa para que possam assumir a gestão do negócio no futuro. Isso envolve a formação em áreas como administração, finanças e estratégia.
6. Ter transparência e comunicação: A transparência e a comunicação são fundamentais para o sucesso da holding familiar. É importante que todos os membros da família estejam alinhados quanto aos objetivos e às decisões da empresa.
7. Manter um planejamento estratégico: A holding familiar deve contar com um planejamento estratégico de longo prazo, que contemple ações para o crescimento e a perpetuação do negócio.

E aí, você já conhecia a holding familiar, ou já tem a sua? Me conte através do Instagram @drleobatista. Até mais!

Tags: