Jornal Diário do Estado

// Poder

Serpes: Pellozo tem aprovação de apenas 17%, muito abaixo do necessário para a reeleição

Em

Pesquisa do instituto Serpes, realizada no final de setembro, com margem de erro de 5,6 pontos para mais ou para menos, mostra que o prefeito Fernando Pellozo (PSD) enfrenta um baixo índice de aprovação para a sua gestão, de apenas 17% (soma dos quesitos bom + ótimo). O levantamento foi encomendado pelo Diário do Estado.

Cientistas políticos, como Alberto Carlos Almeida, autor do best-sellerA Cabeça do Eleitor, apontam, para quem está em cargo executivo, um patamar mínimo de 40% de avaliação positiva para buscar com sucesso mais um mandato. O ideal, segundo Alberto Carlos, seriam 50%. Passando dos 60%, a recondução é certa.

Pellozo tem um índice alto de avaliação negativa, ou seja, 48,8%, ainda segundo o Serpes, cujas pesquisas desfrutam de irretorquível credibilidade em Goiás. Para piorar o que já está ruim, o prefeito canedense é rejeitado por 48,3% dos entrevistados, superando até mesmo seu antecessor Divino Lemes, que aparece com 32,9% de repúdio ao seu nome. O pré-candidato menos rejeitado é o empresário e jornalista Alexandre Braga, com índice de 4,7%.

Em todos os cenários e4stimulados investigados, Pellozo sempre perde, qualquer que seja o adversário – Divino Lemes, Dra. Cristiane Pina (mulher do deputado Júlio Pina), Alexandre Braga, Rodrigo Rosa e MilterMaya. No confronto direto, Alexandre Braga vence Pellozo por 28,2 a 24,9% das intenções de voto.

Tags: