//

Vídeo: Esgoto invade avenida e coloca em risco saúde de crianças na Vila Redenção, em Goiânia

Em

Um vazamento na rede de esgoto do bairro Vila Redenção, em Goiânia, tem feito com que os líquidos e dejetos correm à céu aberto por uma praça na Avenida Jardim Botânico, provocando mau cheiro em toda a região. Moradores temem que crianças que frequentam o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Vila Redenção, que fica em frente ao vazamento e usuários do espaço público contraiam doenças, devido ao contato direto com o esgoto.

Em entrevista ao Diário do Estado, o motoboy João Batista, explicou que o local é bastante movimentado e que parte da área que fica em frente ao CMEI está alagada por conta do vazamento. Ainda de acordo com João, os dejetos tem escorrido para a rua e se concentrando em buracos ao longo da pista.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“O esgoto está vazando bastante e se espalhando por toda a avenida, até para andar dica difícil. O esgota está assim há alguns dias, trazendo perigo a saúde da população. A gente fica preocupado em ter contato direto com o esgoto, principalmente com as crianças que andam por aqui. Fora que muita gente vem fazer caminhada no local. A gente sabe que tem muita doença. Além disso, precisamos lidar com o mau cheiro”, explicou.

Problema

LEIA TAMBÉM

• Anápolis marca de pênalti, bate o Costa Rica-MS e sustenta espaço no G-4• Goiás pode ter pelo menos três candidaturas isoladas ao Senado• Vídeo: O que aconteceu com promoter que agrediu ex-noiva, em Goiânia

Segundo o motoboy, está não é a primeira vez que a população tem problemas com o vazamento na rede de esgoto. João diz que há alguns dias houve um vazamento e o liquido ficou espalhado pela avenida por cerca de uma semana.

“Já pedimos para dar um jeito no esgoto, mas os políticos falam que não podem fazer nada. Ou seja, a população e as crianças precisam conviver com o esgoto na rua e o mau cheiro. Como o líquido se concentra na avenida, os carros e motociclistas que trafegam pela via cobertos por esgoto”.

População fazendo caminhada em meia ao esgoto / Foto: Arquivo pessoal

 Perigo

Para a infectologista, Mariza Avelino, o contato direto com o esgoto pode manifestar doenças prejudiciais a saúde do ser humano, como bactérias, Salmonela (tifo), shiguella e enteroviros, que são eliminados nas fezes e que em algumas ocasiões podem levar a morte. Ainda de acordo com a especialista, verminosas (vermes parasitas) também podem ser contraídas.

“Há uma grande variedade de doenças relacionadas ao contato com o esgoto. Algumas, inclusive, podem ser fatais como o tifo e o próprio Covid-19, que já foi encontrado no esgoto. Essa situação trás muitos riscos a saúde da população. As enteroviroses, por exemplo, podem levar a internação hospitalar e as verminoses podem fazer com que as pessoas sejam levadas a quadros de desnutrição proteico calórica”, concluiu.

Assista ao vídeo de denuncia: 

Nota Saneago

“A Saneago informa que equipes estão a caminho da Vila Redenção para realizar a desobstrução da rede de esgoto”.