Com estoque de sangue perto de zero, Hugol pede ajuda à população

Demanda de bolsas na unidade atende urgência e emergência é alta, mas faltam todos os tipos sanguíneos. Pessoas interessadas em doar podem agendar visita pelo telefone ou site

O Hugol está convocando a população a ajudar as pessoas internadas na unidade. O estoque de bolsas de sangue do hospital estão próximos a zero para todos os tipos sanguíneos e podem comprometer os atendimentos que dependem desse recurso. A diminuição das doações nas férias é comum em todo o país.

O trabalho de captação interna de doadores é intenso, porém não atende a demanda de atendimentos de alta e média complexidade em urgência e emergência, com foco em traumatologia, queimaduras e medicina intensiva. O banco de sangue não pode exigir doação para reposição de bolsas utilizadas pelos pacientes.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Como o atual momento exige que não haja aglomeração de pessoas, a Unidade de Coleta e de Transfusão de Sangue está realizando o agendamento prévio para agilizar as doações. Os interessados em colaborar, independentemente do tipo sanguíneo, pode escolher o dia e o horário pelos telefone (62) 3270.6661 ou  (62) 3270.6662 ou online por meio do site do Hugol.

LEIA TAMBÉM

• Dia dos Pais: movimento em bares e restaurantes deve aumentar 30%• Goiás chega a marca de 60 casos confirmados de varíola dos macacos• Tendência nacional, mais lares goianos passam a ser chefiados por mulheres

Na doação, o trabalhador regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) tem garantido aquele dia como folga comprovado pelo atestado à empresa. Aos servidores públicos, além dessa vantagem, as leis que os regem também garantem outros benefícios. Para os concurseiros, o ato ainda pode gerar isenção de taxa de inscrição e servir como critério de desempate.

Perfil

De forma geral, a doação de sangue está autorizada para qualquer pessoa entre 16 e 69 anos com peso de 50 quilos, no mínimo, que tenha dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas, que esteja alimentada (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação) e apresente documento com foto emitido por órgão oficial.

Impedimentos temporários

Um protocolo de saúde proíbe a doação por pessoas que apresentam sintomas de quaisquer doenças. Para esses casos, a orientação varia em relação ao prazo de inaptidão temporária.

Uma mudança no protocolo do Ministério da Saúde reduziu o tempo de espera para a coleta após suspeita ou confirmação da covid. Agora, o chamado período de inaptidão de pessoas sintomáticas com diagnóstico ou suspeita da doença caiu de 30 para 10 dias após recuperação.

Os candidatos que apresentaram um diagnóstico positivo, mas que permaneceram sem sintomas, poderão doar após 10 dias da data de coleta do exame. Quem teve contato com um caso confirmado de covid durante o período de transmissibilidade pode doar sangue sete dias após o último contato.

No final de julho, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou que pessoas infectadas pela varíola dos macacos não deve doar sangue até o desaparecimento dos sintomas e de lesões na pele. O prazo mínimo da restrição é de 21 dias após o início dos sintomas. Quem teve contato com os doentes não deve doar sangue até 21 dias após o contato. A precaução também vale para contato com assintomáticos, pessoas que não apresentaram sintomas de febre e lesões na pele. 

Para pessoas gripadas é de 15 dias após o total desaparecimento dos sintomas para realizar a doação de sangue. Para os vacinados contra covid, o tempo adequado para ir até o banco de sangue colaborar é após sete dias e no caso dos imunizados contra influenza, a doação pode ocorrer há, no mínimo, dois dias depois.

Cada bolsa de sangue gera três a quatro hemocomponentes após processamento e fracionamento do fluido: hemácia, plaqueta e crio. A indicação médica varia para casos em que há necessidade de melhorar a capacidade de transporte de oxigênio, expansão de volume de sangue do paciente e reposição dos fatores de coagulação. Dessa forma, uma única doação beneficia diversos pacientes.

 

Tags: