Com sinal de alerta ligado, Atlético-GO tem confronto direto contra o Juventude

Dragão enfrenta um adversário que também briga contra o rebaixamento para a segunda divisão

Se antes a vitória era importante para o Atlético-GO, agora ela é essencial. Nesta terça-feira (23), às 19h, no Estádio Antônio Accioly, o Dragão recebe o Juventude em partida atrasada da 30ª rodada da Série A. Ameaçados pelo perigo do rebaixamento, as duas equipes se enfrentam precisando dos três pontos para se distanciarem da ameaça do Z-4. Para isso, o rubro-negro goiano espera casa cheia para apoiar o clube nesse objetivo.

Antes de mais nada, o Atlético Goianiense estabeleceu uma promoção de ingressos para lotar o Antônio Accioly nesta noite. Com preço único de R$5,00, um total de 5.000 bilhetes já foram adquiridos antecipadamente até o fechamento desta matéria. Para saber mais informações a respeito das regras, horários e postos de venda, basta acessar este link e conferir.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O jogo do ano para o Atlético-GO

O confronto desta terça é primordial para o Atlético-GO. Em 15º lugar na tabela de classificação, o Dragão está com 40 pontos. O Juventude soma 39 pontos e figura em 16º lugar. Isso significa que, em caso de revés rubro-negro, o time perderá uma posição para o próprio Juventude e ainda correrá perigo de entrar na zona de rebaixamento no fim de semana.

Por outro lado, uma vitória tranquilizaria o ambiente atleticano. Com o resultado positivo, o Dragão subiria momentaneamente para a 11ª posição, ultrapassando São Paulo, Athletico Paranaense, Santos e Cuiabá. Além disso, deixaria o cenário ainda mais favorável para o confronto seguinte contra a lanterna Chapecoense, marcado para a próxima sexta-feira (26), às 21h30.

Se nenhum time sair vencedor no Antônio Accioly e acontecer um empate na capital goiana, o Atlético-GO não teria como entrar no Z-4 na próxima rodada. Porém, triunfos de seus concorrentes diretos contra o descenso deixariam o alerta ainda mais ligado. Por isso, a equipe treinada por Marcelo Cabo só pensa em interromper a sequências de seis jogos sem vitórias para voltar a respirar no Brasileirão.

 

Tags: