Comércio de Aparecida de Goiânia tem alterações com novo escalonamento

Entrevista com o secretário de saúde de Aparecida de Goiânia, Alessandro Magalhães

Na próxima segunda-feira, dia 08, inicia o escalonamento regional do comércio em Aparecida de Goiânia. Com o objetivo de aumentar a taxa de isolamento social e evitar a transmissão do novo coronavírus na cidade, conforme recomenda as autoridades de Saúde, a Prefeitura de Aparecida, por meio do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Covid-19, publicou decreto que determina o escalonamento do funcionamento do comércio no município.

Segundo o secretário de saúde de Aparecida de Goiânia, Alessandro Magalhães: “a cidade foi dividida em 10 macrorregiões, sendo que a cada dia da semana, duas dessas regiões terão seus comércios, inclusive os essenciais, totalmente fechados, diminuindo com isso a circulação de pessoas nas ruas”, explica Alessandro.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A decisão, busca atingir mais de 50% da taxa de isolamento em Aparecida, evitando um colapso no sistema público de Saúde. O secretário conta que em Aparecida existem 63 leitos de UTI e 60 leitos de enfermaria, apresentando uma taxa de ocupação de 25% que é relativamente baixa. “O grande diferencial de Aparecida de Goiânia é que nossa testagem é muito grande, nos permitindo acompanhar melhor os casos. Esse monitoramento nos permite diminuir a pressão nos leitos”, ressalta o Secretário.

O secretário também se posicionou ao uso da Cloroquina, da assistência recebida no município pelo Ministério da Saúde e orientou como se portar nesse período de pandemia. Acompanhe a entrevista completa:

 

Tags: