Comissão da Câmara rejeita PEC do voto impresso

A PEC é autoria da deputada Bia Kicis (PSL) e foi derrubada por 23 a 11 pela Comissão do Voto Impresso

A Comissão do Voto Impresso na Câmara votou e derrubou na noite desta quinta-feira (5), por 23 votos a 11, a proposta de instauração do voto impresso nas eleições.

A PEC é de autoria da deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) e tinha apoio de Jair Bolsonaro, que vem discutindo o tema a alguns meses.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) afirmou que a PEC do voto impresso poderá ainda ser avocado pelo plenário, mesmo depois de derrotado no colegiado.

LEIA TAMBÉM

• Deputada Sâmia Bomfim recebe ameaças de morte e estupro• Auxílio para taxistas e caminhoneiros começa a ser pago em agosto• Goiatuba: policiais cumprem mandados de busca e apreensão contra vereadores e empresários

“Comissões especiais não são terminativas, são opinativas, então sugerem o texto, mas qualquer recurso ao Plenário pode ser feito”, explicou.

Tags: