Companheiro de Flordelis é barrado no presídio de Bangú

Segundo a advogada da ex-parlamentar, ela está triste e ansiosa pelo julgamento de seus recursos

O companheiro da ex-deputada Flordelis, o produtor de artistas gospel, Allan Soares, de 25 anos, foi barrado pela Secretária de Administração Penitenciária (Seap), ao tentar visitar a ex-deputada federal. A advogada da ex-parlamentar, afirmou que Flordelis dos Santos Souza, 60 anos, está abatida.

“Muito injusto não deixá-lo entrar, pois ele tem uma união estável com ela. Em outros presídios, companheiros entram livremente”, protestou a advogada Janira Rocha, que esteve com Flordelis na última sexta-feira (17). O companheiro de Flordelis foi apresentado à família da pastora em fevereiro no aniversário de 60 anos da ex-deputada.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Flordelis está presa desde 13 de agosto, ela é acusada pelo Ministério Público de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em 2019. Flordelis alega inocência, mas por ordem da justiça ela vai para o banco dos réus na 3° Vara Criminal de Niterói com mais nove acusados e será submetida a júri popular.

Segundo a advogada da ex-parlamentar, desde a prisão de Flordelis, três pedidos de visita foram negados e outros cinco estão sob análise pela secretária. “Me parece que a mãe e a irmã também iriam tentar fazer a carteira. Nem todos poderiam fazer, pois os custos para ir lá são altos, e a família está com bastante dificuldade financeira”, explicou a defensora da pastora.

A advogada de Flordelis, sustenta que a pastora, que alega ter mais de 50 filhos, não está desamparada. “Os filhos vão lá duas vezes por semana levar a custódia, mas estão proibidos de visitá-la”, pontuou.

Flordelis responde pelo homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, emprego de meio cruel e de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, tentativa de homicídio, uso de documento falso e associação criminosa armada. Segundo as investigações, o pastor Anderson do Carmo foi emboscado quando chegava em casa no bairro do Badu, em Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Anderson do Carmo foi atingido por mais de 30 tiros.

Tags: