Confira as categorias que irão parar na greve desta sexta-feira

As centrais sindicais, e algumas frentes, com apoio da Central Única dos Trabalhadores (CUT) convocaram para esta sexta-feira (28), uma greve geral nacional contra as reformas da previdência e a trabalhista. O intuito dos organizadores é a de que o maior número possível de trabalhadores não exerçam suas respectivas funções no dia.

Diversos grupos e sindicatos ao redor do país já aderiram a paralisação e confirmaram presença no protesto. Em Goiânia, os policiais civis participarão da greve. O efetivo será reduzido para 30% e só retornará ao normal, às 9h do dia seguinte.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Os bancários e os aeroviários também confirmaram que não irão trabalhar na sexta-feira. Dessa forma, serviços bancários que não podem ser realizados em caixas eletrônicos não poderão ser feitos e o aeroporto ficará fechado.

O Sindicato dos Estabelecimentos particulares de Ensino de Goiânia e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás, os trabalhadores da saúde filiados ao Sindsaúde não trabalharão. Já o Hemocentro e o transporte coletivo da cidade funcionarão normalmente. Outras categorias ainda podem entrar em greve na sexta-feira.

Tags: