Conselheiro de Bolsonaro na pandemia, Malafaia promete descarrego na CPI da Covid

O líder religioso declarou que não tem medo de falar sobre os assuntos envolvendo a pandemia

Nesta quinta-feira, 20, o líder da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, pastor Silas Malafaia, disse que está pronto para depor na CPI da Covid caso seja convocado. Ele foi citado pelo senador Flávio Bolsonaro como conselheiro “quase diário” do pai, Jair Bolsonaro. Para a Folha de S. Paulo, Malafaia ironizou a indagação dos senadores da oposição, na CPI, sobre a existência de um gabinete paralelo para formular diretrizes no enfrentamento à crise sanitária. “Nunca vi argumento tão medíocre quanto esse, e vou dizer lá”.

O líder religioso declarou que não tem medo de falar sobre assuntos como pandemia, lockdown, cloroquina, azitromicina.  

“Será que eles vão ter coragem de me convocar? Será? Eu digo. Sem nenhum problema. Aprendi uma coisa, a verdade é soberana. Não precisa ter medo da verdade. Vou lá e digo minhas conversas sobre estes assuntos todos: sobre vacina, Coronavac, Pfizer. Vou lá e digo tudo, pode botar aí no jornal”, disse.

Perguntado sobre aconselhamento de Bolsonaro sobre a pandemia, Malafaia afirmou que não falaria nada para jornalista, porém, se convocado, falaria na CPI da Covid. 

Foto: Reprodução

Tags: