Coordenador de campanha de Vanderlan Cardoso afirma que: “Pesquisa tem para todos os gostos”

De acordo com Simeyzon, a campanha respeita todas as pesquisas, mas a coordenação possui seus próprios levantamentos internos

O coordenador da campanha do candidato à prefeitura de Goiânia Vanderan Cardoso (PSD), Simeyzon Silveira afirmou que: “Pesquisa tem para todos os gostos. Cada um escolhe a que lhe agrada”. A declaração foi feita após ele ser questionado sobre a pesquisa da Ibope, divulgada nesta terça-feira, 24. O levantamento apontou que Maguito Vilela (MDB) poderia ter 63% dos votos válidos contra 37% do pessedista.

De acordo com Simeyzon, a campanha respeita todas as pesquisas, mas a coordenação possui seus próprios levantamentos internos. “O que nós acreditamos agora é que a eleição está saindo do cenário da comoção [em relação ao estado de saúde de Maguito] e está indo para o campo da reflexão. É o que observamos claramente”, relatou sobre possíveis mudanças de rumos.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Segundo ele, a campanha de Vanderlan vai concentrar as forças para mostrar e ajudar o eleitor a refletir. “A gente tem que saber separar o que é estado de saúde, questão de saúde de Maguito e o que é eleição”, disse.

Simeyzon afirma que todos são solidários ao estado de saúde de Maguito e que estão “orando, pois ele precisa de uma milagre, já que luta pela vida. Mas Mas temos que separar o que é saúde e o que é eleição. A realidade dos fatos é que temos um cenário, onde, na melhor das hipóteses, o vice será prefeito por um bom tempo. Ele que dará o tom, formará a equipe. O eleitor tem que fazer a reflexão se quer colocá-lo como prefeito”, declarou.

Vice

Para Simeyzon, cabe a chapa adversária apresentar o vice de Maguito, Rogério Cruz (Republicanos). “A informação que temos é que ele está proibido de falar, não pode participar de debate, dar declaração… Isso faz com que o eleitor reflita. Se ele não consegue defender Goiânia, essa reflexão tem que ser feita. Dá até um tema de filme: ‘O Rogério sumiu’. Cadê ele para apresentar as propostas da chapa, mostrar ao eleitor quem ele é e o que defende. É uma responsabilidade que a campanha do adversário precisa ter”, afirmou.

O coordenador de Vanderlan acrescenta que a chapa de Maguito precisa explicar sobre alianças com o PT e PSDB, destacando que Adriana Accorsi (PT) e Talles Barreto (PSDB) declararam voto em Maguito, enquanto os partidos ficaram neutros. Ele aponta que a campanha do PSD sabe que essas parcerias são reais, porém precisa mostrar o eleitor, junto com quem é o vice. “O eleitor tem que escolher entre Rogério Cruz e Vanderlan. Será que ele [Rogério] conhece o plano da chapa dele? Não sabemos. O eleitor não sabe.”

Simeyzon afirma que Goiânia saiu do foco, que a campanha acompanha a situação de Maguito e picuinhas de redes sociais.“É a cidade que temos que discutir. E quanto a saúde de Maguito, vamos orar por ele”, finaliza.

Foto: Jucimar de Sousa

Tags: