Crac demite treinador após início ruim no Goianão

Com apenas cinco rodadas, o Goianão vitimou mais um treinador. Após uma reunião na manhã desta segunda-feira, 13, a diretoria do Crac demitiu Lucho Nizzo. De acordo com os dirigentes do Leão do Sul, o baixo rendimento da equipe motivou a demissão do profissional.

O clube catalano ainda não venceu no Estadual e ocupa a última colocação na tabela. Em cinco partidas, foram três empates e duas derrotas. O revés diante da Aparecidense, que até então não havia triunfado no Campeonato Goiano, foi a gota d’água para a demissão do treinador.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A diretoria do Crac ainda não definiu quem será o substituto de Lucho Nizzo. O Leão tem pouco tempo para correr atrás de um novo nome, já que o próximo duelo, diante do Rio Verde, está marcado para o próximo domingo, 19.

LEIA TAMBÉM

• Torcedores do Botafogo apedrejam ônibus do Fluminense a caminho do estádio• Palmeiras e Atlético-GO se enfrentam nesta quinta-feira, 16• Vídeo: em Mozarlândia, policial dispara em torcedor pelas costas

Nizzo foi o segundo treinador demitido no Goianão. Antes dele, o Anápolis demitiu Charles Fabian. No Galo da Comarca, Caio Autuori, filho de Paulo Autuori, foi efetivado no lugar de Fabian.

Tags: