Danuza Leão morre aos 88 anos, no Rio de Janeiro

Escritora e jornalista, Ela faleceu em decorrência de insuficiência respiratória, consequência de enfisema pulmonar

Na última quarta-feira, 22, morreu no Rio de Janeiro a escritora, jornalista, cronista e ex-modelo Danuza Leão. Um dos grandes ícones brasileiros do século XX, ela faleceu aos 88 anos, em decorrência de insuficiência respiratória, que por sua vez foi consequência de enfisema pulmonar.

Quem foi Danuza Leão?

Danuza Leão nasceu em Itaguaçu-ES. Porém, logo quando criança, partiu com sua família para morar no Rio de Janeiro. Na Cidade Maravilhosa, ela se tornou uma verdadeira personalidade em diferentes áreas.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Na década de 1950, trabalhou como modelo e foi a primeira brasileira a desfilar no exterior. Posteriormente, ocupou diversas outras funções, como produtora de arte e roteirista, chegando até a atuar no filme “Terra em Transe”, em 1967.

LEIA TAMBÉM

• Morte de médica em hospital de Pirenópolis segue sob investigação• Policial que matou irmã e foi presa pelo marido diz que está arrependida• Fazendeiro que mandou matar corretor em Rio Verde tem prisão decretada pela Justiça

O seu grande sucesso, no entanto, veio com a escrita. “Na Sala com Danuza” se tornou um best-seller após seu lançamento em 1992. A obra fala sobre etiquetas sociais e comportamento, e ganhou uma sequência em 2004. Outros livros de Danuza Leão também foram sucesso com o público, como a autobiografia “Quase Tudo”, de 2005.

Frequentemente, ela também se envolvia com polêmicas. Em 2018, opinou a respeito dos protestos no Globo de Ouro, questionando a noção de assédio e apoiando os homens, dizendo que “toda mulher deveria ser assediada três vezes por semana para ser feliz”. Danuza Leão foi colunista no Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e O Globo.

Em sua vida pessoal, Danuza casou-se com o jornalista Samuel Weiner. Ambos tiveram três filhos juntos. Depois disso, ela se casou com outros dois homens, o compositor Antônio Maria e o jornalista Renato Machado.

Tags: