Depois de decisões favoráveis a Lula no STF, Moro posta mensagem de apoio à Lava Jato

Lula tenta anular condenações para concorrer em 2022

Na noite deste sábado, 20, o ex-ministro da Justiça e ex-juiz da Operação Lava Jato em Curitiba, Sérgio Moro, usou suas redes sociais para prestar apoio à Operação Lava Jato, que foi lançada em 2014 para investigar desvios na Petrobrás, e teve sua força tarefa na capital do Paraná encerrada oficialmente pelo Ministério Público Federal em primeiro de fevereiro deste ano.

A operação deve seguir com estrutura reduzida dentro do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, do MPF. “Manifestação de Apoio à Lava Jato em Curitiba”, escreveu Moro na legenda da foto. Veja:

A mensagem de Moro chega num contexto em que o Supremo Tribunal Federal decidiu permitir que dados de trocas de mensagens entre Sérgio Moro e procuradores da operação, antes da prisão de Lula em 2018, fossem disponibilizadas para os advogados do ex-presidente, que foi condenado em segunda instância por corrupção passiva e lavagem de dinheiro na ação do triplex no Guarujá.

A decisão do Supremo aumentou as expectativas de parte da esquerda nacional, que defende a inocência de Lula e o vê como candidato à presidência em 2022, caso as condenações cheguem a ser anuladas, o que pode ocorrer se a conduta do então juiz Moro for considerada suspeita.

Imagem: Rebekah Fontes / Fato Amazônico

Tags: