Home»Cotidiano»Dercap prende investigado que vendia certificados e diplomas por redes sociais
0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

Policiais Civis da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (Dercap) deflagraram, no dia 30 de abril, a Operação Paideia, com o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva em desfavor de Robson Alves, pelos crimes de falsificação de documento público, falsificação de documento particular e falsidade ideológica. Na oportunidade, ele também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Após checagem de anúncio de venda de certificados de nível fundamental, médio, superior e ensino técnico em redes sociais, a Polícia Civil deflagrou intensa e ininterrupta investigação por aproximadamente seis meses, motivando a representação pela prisão preventiva do investigado e mandados de busca e apreensão nos endereços utilizados para comercialização e contrafação dos documentos.

De acordo com a delegada coordenadora da investigação, Tatiana Barbosa, na operação deflagrada para captura do criminoso e apreensões de objetos ilícitos relacionados à prática delitiva, houve também a prisão em flagrante do investigado pelo crime de tráfico de drogas, uma vez que foram apreendidos balança de precisão, droga (maconha), objetos, documentos, aparelhos eletrônicos utilizados para a comercialização de certificados contrafeitos, inclusive máquinas de cartões de crédito para recebimento.

A investigação prossegue no sentido de identificar outros envolvidos, especialmente adquirentes dos certificados falsos, eventuais utilizações criminosas desses documentos e as consequências jurídicas advindas do uso de documento falso.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!