Dois médicos são indiciados por morte de criança, em Inhumas

Dois médicos foram indiciados pelo crime de homicídio culposo contra uma criança de onze anos no município de Inhumas. A Polícia Civil local concluiu a investigação e apontou os agentes de saúde que trabalhavam na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) como os responsáveis pela morte do menor de idade por negligência.

Segundo o delegado encarregado do caso, Humberto Teófilo, os médicos teriam ignorado os sintomas da vítima. “Há provas robustas de que os sintomas apresentados pelo garoto foram ignorados pelos médicos, que não tomaram as precauções que lhe eram exigíveis, pois, caso agissem com maior zelo, a morte teria sido evitada”, disse.

Ainda de acordo com o delegado, os médicos liberaram o paciente sem que houvesse a total e satisfatória recuperação agindo, assim, culposamente.

*Com informações da Assessoria de Imprensa da Polícia Civil

Tags: