Eleição no Macapá, adiada pela falta de energia, acontece hoje

Dez candidatos disputam a prefeitura da capital do Amapá neste domingo

Os eleitores de Macapá, no estado do Amapá, vão às urnas neste domingo, 6, para elegerem o prefeito, o vice-prefeito e os 23 vereadores da Câmara Municipal. O pleito deveria ter sido realizado no mês passado, durante as eleições municipais em todo o país. No entanto, foi adiado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em função dos problemas no fornecimento de energia elétrica no estado.

Os 292.718 eleitores aptos a votar podem comparecer às seções eleitorais das 7h às 17h. Devido a pandemia de Covid-19, os eleitores só poderão entrar nos locais de votação se estiverem usando máscaras faciais. O uso deverá ser feito em todo o percurso feito pelo eleitor até chegar na seção eleitoral. Não será permitido se alimentar, beber ou realizar qualquer ato que exija a retirada da máscara.

Dez candidatos disputam a prefeitura da capital amapaense, cuja população é estimada em 513 mil habitantes. Em um vídeo publicado pelo TSE, o presidente do tribunal, ministro Luís Roberto Barroso, pediu que os eleitores compareçam às urnas para elegerem seus candidatos preferidos. “Não há salvação fora da política”, disse Barroso.

Tags: