Em Aparecida, jovem é agredido por torcedores do Vila Nova com golpes de capacete

Esposa da vítima contou que ele não usava camisa de time e não tinha ligação com futebol. Câmeras de segurança flagraram o momento da agressão

Um jovem de 23 anos foi agredido com chutes e golpes de capacetes por um grupo de torcedores do Vila Nova na tarde deste sábado, 23, em Aparecida de Goiânia, Região Metropolitana da capital. Segundo a esposa da vítima, ele não usava camisa de time e não tem ligação com futebol.

Jovem foi agredido por cerca de 40 segundos

Ao G1, a família da vítima, que é catador de sucata eletrônica, contou que ele saiu para comprar água de coco e passou pelo grupo. A esposa, que não se identificou, disse que o marido estava vestido com a roupa de trabalho e não sabe o que teria motivado a agressão.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

“Antes de ele descer da moto, tentaram bater nele [em outra rua]. Quando ele desceu da moto, ele procurou o celular para ligar para mim, pois achou que eles iam roubar a moto. Ele correu para o canteiro central, tentou voltar para moto e correr, mas não deu tempo”, disse a esposa.

A câmera de segurança de um restaurante próximo gravou o momento em que o jovem tentou fugir, mas acabou sendo pego pelo grupo. A vítima desce da moto e levanta os braços, momento em que os torcedores começaram a jogar pedras contra o rapaz, que se abaixa. Em seguida, uma série de agressões com socos, chutes, golpes de capacete e pauladas se inicia.

LEIA TAMBÉM

• Vídeo: Em Aparecida, casa de homem preso por consumir carne de cachorro é incendiada• Com quase 2,3 mil casos, varíola dos macacos já é ameaça nacional para Ministério da Saúde• Goiânia e Aparecida de Goiânia divulgam 1,4 mil vagas de emprego

O grupo tem cerca de 30 pessoas, mas nem todas participaram do crime. O jovem ficou durante 40 segundo caído no chão, enquanto recebia as diversas agressões. Depois, os torcedores saíram correndo e uma viatura da Polícia Militar se aproxima.

Confira o vídeo:

A vítima ficou caída na calçada e foi socorrida por comerciantes. O rapaz foi levado até uma unidade de saúde, mas já recebeu alta e está em casa se recuperando.

As agressões aconteceram no mesmo dia em que o time jogou contra o Vasco da Gama e venceu por 1 a 0. O Vila Nova não comenta brigas envolvendo torcedores e o caso foi registrado na Polícia Civil.

Tags: