Em Goiânia, mulher rouba a ‘própria moto’ e atira em condutor para se vingar de multas

Acusada tinha vendido o veículo, mas não transferiu documento. Irritada com as notificações, ela se juntou ao namorado e outra pessoa para 'dar um fim ao infrator'

Na manhã desta sexta, 24, um casal foi preso temporariamente por roubar e atirar contra um homem que conduzia a moto que era, legalmente, da mulher. Ela planejou a ação para se vingar do rapaz, considerado um dos responsáveis por cometer infrações de trânsito e gerar multas encaminhadas no nome dela. Ela havia vendido o veículo há dois anos, mas não transferiu a documentação. O terceiro comparsa está sendo procurado pela Polícia Civil (PC).

O crime ocorreu em fevereiro deste ano, no Setor Residencial Buena Vista, em Goiânia. Eles agiram com extrema violência contra a vítima, que foi uma das pessoas na lista de compradores da Biz repassada a várias pessoas desde o primeiro negócio. Segundo a investigação policial, ela decidiu roubar a própria moto porque ficou irritada com tantas multas em seu nome. 

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A arma de fogo utilizada no roubo, uma pistola Glock 9 mm, kit rajada e a motocicleta já foram recuperadas. O namorado da mulher tinha passagem pela Polícia por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, embriaguez ao volante, tráfico de droga e roubo circunstanciado. Ela não tem nenhum registro criminal. Se condenados, eles podem ficar presos por até 20 anos

LEIA TAMBÉM

• Mulher é amarrada, agredida e ameaçada de morte pelo marido, em Anápolis• Armado, homem em surto é detido após vandalizar ônibus na rodoviária de Anápolis• Motorista que matou um e feriu oito em restaurante de Goiânia vai responder em liberdade

Tags: