Home»Cotidiano»Enel entrega cestas básicas e troca geladeiras no setor recanto das minas gerais

Durante a semana, os clientes também poderão contar com uma unidade móvel de atendimento da distribuidora

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

Os moradores que quiserem participar do cadastro precisam levar um documento oficial com foto e a última conta de energia paga

A Enel Distribuição Goiás vai trocar 120 geladeiras de moradores do Recanto das Minas Gerais nesta semana. Para participar, os clientes podem se cadastrar nesta terça (11), quarta (12) e quinta (13), das 9h às 17h, e sexta-feira (14), das 9h às 16h, no CRAS do bairro. Desde que iniciou, em novembro passado, o programa de troca eficiente para clientes em situação de vulnerabilidade social, a companhia já trocou mais de 6,4 mil geladeiras em todo o Estado.

Por meio da iniciativa, eletrodomésticos antigos podem ser trocados por novos com selo de eficiência A do Procel. Durante a semana, os clientes também poderão contar com uma unidade móvel de atendimento da distribuidora. Além disso, os moradores sorteados ganharão uma cesta básica da empresa. O programa de troca eficiente de geladeiras é contínuo e faz parte do projeto Enel Compartilha Eficiência, que tem como objetivo promover o uso consciente de energia por meio de iniciativas que demonstrem a importância da eficiência energética.

Os moradores que quiserem participar do cadastro precisam levar um documento oficial com foto e a última conta de energia paga. No momento do cadastro, o cliente pode trocar até duas lâmpadas incandescentes ou fluorescentes, que têm alto consumo de energia, por outras duas lâmpadas LED, que são mais econômicas. Após o cadastro, os clientes participam de um sorteio para garantir a troca do equipamento – são cerca de 100 geladeiras por bairro. Todo o material retirado dos aparelhos velhos é reciclado, como gás refrigerante, compressores, óleo compressor, isolamento térmico, plásticos, aço, cobre e alumínio.

Economia

Uma geladeira nova pode consumir até 70% menos que uma antiga. Em watts, esse valor representa, para um aparelho antigo, o consumo médio de 90kWh/mês, enquanto um novo consome somente cerca de 24kw/hora/mês. As geladeiras do programa têm selo de consumo tipo “A”, que significa eficiência no consumo de energia elétrica.

De acordo com estudo feito pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), a geladeira é responsável por quase um terço de toda a energia consumida em uma residência. Os aparelhos antigos e em mau estado, além de consumirem mais energia que o recomendado, emitem gases que destroem a camada de ozônio, agravando o aquecimento global.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!