Enquanto Gustavo Mendanha faz campanha, Caiado e Bolsonaro investem dinheiro em Aparecida

De 13 indicadores, Aparecida perdeu colocações em 9 e cresceu exclusivamente naqueles cujos investimentos vêm dos governos estadual e federal

Aparecida de Goiânia está em 209º colocação geral no Ranking de Competitividade dos Municípios, sete posições abaixo do constatado pelo mesmo levantamento em 2020, com destaque para a queda vertiginosa de posição no quesito Inovação e Dinamismo Econômico, onde perdeu 50 posições em um ano e agora figura em 199º lugar. Dos 13 pontos avaliados, o município pontuou negativamente em 9 na administração Gustavo Mendanha. Nas quatro que obteve melhores posições comparadas com o levantamento anterior, três – Telecomunicações, Segurança e Saneamento – recebem investimentos exclusivos dos governos estadual e federal.

Prefeito Gustavo Mendanha fazendo campanha em Nova Crixás (Rodrigo Estrela)

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O Ranking analisou 411 municípios brasileiros com população acima de 80 mil habitantes. Juntos, eles correspondem a quase 60% da população brasileira. O estudo leva em consideração 13 pilares temáticos: Sustentabilidade Fiscal, Funcionamento da Máquina Pública, Meio Ambiente, Acesso à Saúde, Qualidade da Saúde, Acesso à Educação, Qualidade da Educação, Segurança, Saneamento, Inserção Econômica, Inovação e Dinamismo Econômico, Capital Humano e Telecomunicações.

Aparecida de Goiânia na administração Gustavo Mendanha manteve ou melhorou no ranking apenas nos pilares que dependem dos governos estadual e federal. No Acesso à Saúde, por exemplo, está em 361º lugar entre os 411 municípios avaliados no país. Aumentou em 123 posições, estando agora em 68º lugar, no quesito Telecomunicações. Ou seja, naquilo que depende de investimentos externos, o município foi bem avaliado.

Gustavo Mendanha na cidade Bonópolis fazendo campanha (Rodrigo Estrela)

Um dos principais objetivos do Ranking, que tem entre os apoiadores a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e a empresa Gove, é fornecer as bases para um diagnóstico preciso e auxilia os líderes públicos na construção de políticas públicas assertivas, além de auxiliar empresas e empreendedores a destinar seus investimentos para as localidades mais adequadas.

 

Mais uma reunião do prefeito de Aparecida, desta vez em São Miguel do Araguaia (Rodrigo Estrela)

Apresentaram queda da administração Maguito Vilela para a atual, de Gustavo Mendanha, os tópicos Inserção Econômica (-8 posições, atualmente em 169º lugar); Inovação e Dinamismo Econômico (-50 posições. Atualmente em 199º); Sustentabilidade Fiscal (-27 lugares no ranking); Funcionamento da Máquina Pública (-16 posições); Acesso à Saúde (-65); Acesso à Educação (-40); Qualidade da Educação (-6, figurando em 229º lugar no ranking).

De todos os tópicos, a administração municipal de Aparecida de Goiânia melhorou no Ranking apenas nos tópicos Capital Humano, Telecomunicações, Segurança e Saneamento, as três últimas a partir de investimentos dos governos estadual e federal.

Tags: