Espada da época das Cruzadas é encontrada por mergulhador em Israel

A espada por ter 900 anos e pertencer a época da cruzada. O objeto está guardado e deve ser restaurado

Um mergulhador amador encontrou uma espada de 900 anos com uma lâmina de um metro nas costas de Israel. O objeto pertence á época das Cruzadas. Além da espada, homem também encontrou outros artefatos antigos no fundo no mar ao norte do país.

O anúncio do encontro ocorreu num comunicado da Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA), feito nessa segunda-feira (18).

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O nadador estava mergulhando em 9 de outubro quando encontrou a espada, que possui um cabo de 30 centímetros de comprimento, junto com âncoras de pedra e de metal e fragmentos de cerâmica. De acordo com IAA, os artefatos foram “aparentemente descobertos após ondas e correntes subterrâneas deslocarem a areia”.

O mergulhador levou a espada à superfície para protegê-la de roubo, antes de entregá-la às autoridades.

Espada
O espada pesa 6 metros por conta de pedaços de crostas. Foto: IAA via AP

200 metros da costa

O objeto estava a 200 metros da costa, em uma profundidade de quatro metros. Seu tamanho e forma sugerem que é da época das Cruzadas, assim como a proximidade do castelo Atlit, uma fortaleza da época.

Nir Distelfeld, inspetor da Unidade de Prevenção de Roubo do IAA, disse que a espada é um achado raro que foi preservada em perfeitas condições.

“Foi encontrada incrustada com organismos marinhos, e aparentemente é feita de ferro”, disse Distelfeld. “É emocionante encontrar um objeto tão pessoal, levando você 900 anos de volta no tempo para uma era diferente, com cavaleiros, armaduras e espadas”, completou.

O objeto pesa cerca de 6 quilos devido à incrustação de pedras e conchas, mas a espada em si provavelmente pesa somente um terço disso.

O litoral onde foi encontrado o objeto tem muitas enseadas naturais que serviam de abrigo para navios antigos e povoados como Dor e Atlit desenvolveram-se em torno das enseadas maiores. Isso significa que a área era popular entre os navios mercantes – e isso representa potencial para uma grande quantidade de achados arqueológicos.

Tempestades de inverno podem expor mais artefatos e os arqueólogos farão mais pesquisas na área.

Cruzadas

Datando de 1096 até o final do século XXIII, as Cruzadas foram um conjunto de expedições militares de cristãos da Europa Ocidental que visavam retomar a Terra Santa no Oriente Médio após séculos de conquista muçulmanas de expansão.

Tags: