Estado de São Paulo volta à fase vermelha e decreta lockdown

Bebidas alcoólicas não podem ser vendidas entre 20h e 6h

Após o estado de São Paulo voltar à fase vermelha do Plano SP contra a Covid-19, uma série de medidas será aplicada para o funcionamento de estabelecimentos comerciais da capital e de todo o estado a partir de sábado, 06. A princípio, durante duas semanas a capital estará em lockdown, funcionando apenas atividades essenciais. O anúncio foi feito pelo governo do Estado nesta quarta-feira, 3.

“As 48 horas [até o início da fase vermelha] serão para planejamento, para que todos consigam se organizar. Haverá perdas, de quem tinha planejado ter o faturamento do fim de semana, mas nós precisamos estar vivos para recompormos esse faturamento nas próximas semanas”, declarou a secretária de Desenvolvimento Econômico de SP, Patricia Ellen.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Assim como na última vez que o estado esteve na fase vermelha, apenas atividades consideradas essenciais serão permitidas na capital e no resto do estado.

Devem ficar fechados: shoppings, galerias e estabelecimentos congêneres, comércios que não sejam varejistas ou lojas de conveniência, salões de beleza e barbearias, academias de esportes, eventos e atividades culturais

Supermercados e lojas de conveniência podem funcionar em horário normal, mas não devem vender bebidas alcoólicas entre 20h e 6h.

Restaurantes e bares não poderão funcionar com atendimento presencial. 

Tags: