Estreia de Rogério Ceni no São Paulo é um dos destaques da 26ª rodada

Os jogos da Série A contaram com virada do Atlético-MG, força do Flamengo e desespero do Grêmio

A estreia de Rogério Ceni como técnico do São Paulo após a demissão de Hernán Crespo foi um dos destaques da 26ª rodada da Série A de 2021. Além disso, brigas por posições nas partes de cima e de baixo da tabela de classificação agitaram o meio de semana.

As duas primeiras partidas da rodada moldaram alguns fatos no panorama do Campeonato Brasileiro. No Estádio Nabi Abi Chedid, o Red Bull Bragantino derrotou o Atlético-GO por 1×0, mesmo jogando um tempo inteiro com um jogador a menos. Esse resultado, aliado ao empate por 0x0 entre Bahia e Palmeiras na Arena Fonte Nova, colocou a equipe de Bragança Paulista na quarta posição. Já o time palestrino caiu para quarto lugar, e segue com o pior aproveitamento do segundo turno do Brasileirão.

Na quarta (15), os dois melhores clubes do campeonato ganharam por 3×1. O Flamengo teve um caminho mais tranquilo no Maracanã diante do Juventude. O Atlético-MG, por sua vez, precisou suar a camisa após sair perdendo para conseguir virar para cima do Santos no Mineirão. A lanterna Chapecoense chegou a marcar o primeiro gol contra o Athletico Paranaense na Arena Condá, mas o Furacão buscou o empate. Já o Corinthians bateu o Fluminense por 1×0 na Neo Química Arena, e o Fortaleza ganhou do Grêmio pelo mesmo placar no Castelão. Por fim, o Internacional aplicou 3×1 no América-MG dentro do Beira-Rio.

Rogério Ceni e a dança das cadeiras

Na quarta, o São Paulo anunciou a demissão do treinador Hernán Crespo, campeão estadual com a equipe no início do ano. No mesmo dia, o Tricolor Paulista anunciou a contratação de Rogério Ceni, ídolo enquanto goleiro. O técnico comandou a equipe nesta quinta diante do Ceará no Morumbi, e sua estreia quase foi com o pé esquerdo. No entanto, o São Paulo conseguiu forçar o 1×1. Para fechar a rodada, o Cuiabá derrotou o Sport por 1×0 na Arena Pantanal.

A dança das cadeiras não foi apenas no São Paulo. O comandante Luiz Felipe Scolari, o Felipão, foi demitido do Grêmio. O Tricolor Gaúcho já anunciou o substituto na missão de fugir do rebaixamento: Vagner Mancini.

Tags: