Home»Vídeos»Estreias do Cinema da semana trazem filme indicado a 13 Oscars

Semana conta ainda com estreia do novo filme de Ridley Scott, que demitiu Kevin Spacey após acusações de abuso sexual do ano passado

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp

A primeira semana do mês de fevereiro tem o filme “A Forma da Água”, do diretor Guillermo Del Toro (“Círculo de Fogo”), indicado em 13 categorias do Oscar 2018, como principal destaque das estreias dos cinemas. O diretor Ridley Scott (“Blade Runner”) também volta aos cinemas de todo o país com “Todo o Dinheiro do Mundo”, seu novo longa metragem que demitiu o ator Kevin Spacey, após acusações de assédio sexual no ano passado, e o substituiu por Christopher Plummer. Veja todas:

A Forma da Água

Em meio aos grandes conflitos políticos e transformações sociais dos Estados Unidos da Guerra Fria na década de 1960, a muda Elisa (Sally Hawkins), zeladora em um laboratório experimental secreto do governo, se afeiçoa a uma criatura fantástica mantida presa e maltratada no local. Para executar um arriscado e apaixonado resgate ela recorre ao melhor amigo Giles (Richard Jenkins) e à colega de turno Zelda (Octavia Spencer).

Todo o Dinheiro do Mundo

Na Itália de 1973, John Paul Getty III (Charlie Plummer) é o neto favorito do magnata do petróleo J. Paul Getty (Christopher Plummer), um dos primeiros bilionários da história da humanidade. O sequestro do rapaz coloca a sua mãe, Gail Harris (Michelle Williams), em uma corrida desesperada para convencer o ex-sogro a pagar o resgate milionário do filho. Frio, manipulador e mesquinho, Getty irá encarregar o ex-espião Fletcher Chase (Mark Wahlberg), seu homem de confiança, de descobrir quem e o que está por trás do crime, solucionando o problema sem o desperdício de nenhum centavo de sua fortuna.

As Aventuras de Paddington 2

Após ser adotado pela família Brown, Paddington ganhou muita popularidade na comunidade de Windsor Gardens. No aniversario de 100 anos de sua tia Lucy, esse simpático ursinho sai em busca do presente perfeito e acaba encontrando um livro único na loja de antiguidades do senhor Gruber. Paddington se submete a uma série de trabalhos bizarros para poder comprá-lo, e quando o livro é roubado, ele e sua família farão de tudo para encontrar o ladrão.

A Repartição do Tempo

Em Brasília, no início da década de 1980, o REPI (Registro de Patentes e Invenções) acaba de ser capa de uma importante revista nacional, que o coloca como exemplo da burocracia existente no governo. Lisboa (Eucir de Souza), o chefe, não gosta nem um pouco da reportagem e decide cobrar atitude de seus funcionários, que fazem de tudo menos trabalhar. Paralelamente, o Dr. Brasil (Tonico Pereira) deseja patentear uma máquina do tempo e a deixa no REPI. Ao colocar o aparelho no estoque, Jonas (Edu Moraes) acidentalmente o aciona e, consequentemente, volta no tempo.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!