Ex de Bolsonaro é convocada na CPI

A confirmação foi feita pelo vice-presidente da comissão, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), nesta quarta-feira

Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) será convocada a prestar depoimento à CPI da Covid. A confirmação foi feita pelo vice-presidente da comissão, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), nesta quarta-feira (15).

Em suas redes sociais o senador escreveu, “Acabamos de aprovar requerimento de convovação da Sra. Ana Cristina Bolsonaro. Temos certeza que seu depoimento contribuirá muito para as investigações da CPI”. O senador bolsonarista Marcos Rogério (DEM-RO) foi o único a votar contra a convocação de Ana Cristina.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Segundo as informações apuradas pela comissão, a ex-mulher de Bolsonaro tem relação com o lobista da Precisa Medicamentos, Marcony de Faria, que presta depoimento à CPI nesta quarta-feira (15).

LEIA TAMBÉM

• Ministro tentou nomear oficialmente pastor investigado como lobista no MEC• Filha de pastor apontado como lobista trabalha em gabinete do deputado federal João Campos• Acusado de ser lobista no MEC, pastor Gilmar Santos deve divulgar nota nas próximas horas

Alessandro Vieira (Cidadania-SE) afirmou, ao colegiado, que Ana Cristina tentou influenciar no cargo de comando  da Defensoria Pública da União (DPU), atendendo a um pedido do lobista, segundo uma troca de mensagens entre os dois, encontrada durante perícia da CPI.

 

Tags: