Home»Cotidiano»Ex-padrasto suspeito de atirar em criança de dois anos, é encontrando

O ex-marido da mãe da vítima estava desaparecido desde domingo (24)

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

No último domingo (24), uma criança de dois anos em Aparecida de Goiânia, levou um tiro no tórax na casa de seu ex-padrasto. A mãe do garoto, em primeira versão, contou que a criança havia sido baleada em um bar. Mais tarde, ela acabou revelando que na verdade o tiro teria acontecido na casa do seu ex-marido, onde supostamente seus filhos teriam achado a arma, e o irmão da criança de cinco anos, teria disparado acidentalmente.

Mas a polícia começou a suspeitar do ex-padrasto, quando o pai de uma das crianças, afirmou em um depoimento a Polícia Civil, que o filho de cinco anos havia contado que no momento do acidente, ele estava dormindo e acordou assustado com o som de disparo. O ex-marido da mãe dos meninos estava desaparecido desde domingo, após o ocorrido.

Conforme as investigações avançaram, a mãe das crianças foi apreendida, suspeita de receptação. Segundo a delegada Ilda Helbingen, foram encontrados vários objetos na casa, onde ela não soube dizer a origem destes produtos. O ex-padrasto, que estava foragido também foi encontrando na madrugada desta terça-feira (26).

O suspeito de 23 anos foi encontrado em uma chácara, dentro de um lago, onde tentou fugir da polícia. O jovem que ainda não tem mandado de prisão, foi levado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil, e foi liberado após o registro do Termo Circunstanciado, e da audiência ser marcada no Poder Judiciário.

O garoto segue internado no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (HUGOL), com o quadro de saúde estável.

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!