Ex-prefeito de Santa Terezinha de Goiás é preso suspeito de ser mandante de homicídio

O caso aconteceu em março deste ano, quando Wender Luiz de Aguiar foi baleado em Aparecida de Goiânia.

Foi preso nesta quinta-feira (16) o ex-prefeito de Santa Terezinha de Goiás, Antônio Camargo, suspeito de mandar assassinar a tiros Wender Luiz de Aguiar, de 39 anos, em março deste ano. Além dele, duas mulheres também foram presas pelo crime.

De acordo com o Grupo de Investigações de Homicídios (GIH), no dia do assassinato, duas pessoas, vestidas de agentes de saúde, entraram na casa da vítima e perguntaram a localização da fossa da residência. Desconfiado, Wender saiu da casa, aguardando na calçada enquanto os dois suspeitos conversaram com a esposa e mãe dele.

Já na saída, os dois balearam o homem que acabou morrendo no local. Ainda segundo a polícia, a vítima tem histórico policial por crimes de roubo e teria ido morar em Aparecida de Goiânia contando com ajuda financeira do mandante do crime. Isso porque, Wender fazia serviços para o ex-prefeito e teria matado, a mando dele, uma mulher com quem o político teve um relacionamento, já que ela teria passado a extorqui-lo.

A morte de Wender teria sido encomendada para ocultar o homicídio porque ele também passou a chantagear o ex-prefeito para não revelar o crime. Os dois executores de Wender não foram localizados e seguem sendo procurados.

Na casa do político, foram encontradas seis armas de fogo, entre espingardas, pistolas e revólveres, sendo apenas uma com certificado de registro válido, além de dezenas de munições. Também foram apreendidos dois aparelhos celulares e cupons de depósito.

Informações: CBN Goiânia 

Tags: