Ex-presidente francês Nicolas Sarkozy é detido suspeito de corrupção

O ex-presidente francês Nicolas Sarkozy foi detido nesta terça-feira (20) para interrogatório em meio à investigação sobre suspeitas de que sua campanha eleitoral de 2007 recebeu financiamento ilegal do governo da Líbia. O ex-chefe de Estado, que liderou a França de 2007 a 2012, é ouvido pela primeira vez neste inquérito do Escritório Central de Luta contra a Corrupção e as Infrações Financeiras e Fiscais (OCLCIFF) em Nanterre, nas proximidades de Paris, que busca apurar se ele recebeu € 5 milhões do regime de Muamar Kadafi.

O jornal Le Monde explica que Sarkozy foi convocado na Polícia Judicial de Nanterre, Paris, para explicar sobre os fundos de sua campanha, e que o seu comparecimento poderia se prolongar por 48 horas, antes de ser apresentado a um juiz para a sua eventual acusação. As acusações foram formuladas pelo franco-libanês Ziad Takieddine e alguns ex-funcionários líbios. Takieddine afirma ter entregado dinheiro no final de 2006 a Sarkozy, ministro do Interior na época, e a Claude Guéant, seu então chefe de Gabinete. Outros ex-empregados negaram o esquema.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Essa é a primeira vez que Sarkozy, chefe de estado francês entre 2007 e 2012, fala a sobre a suspeita de ter recebido secretamente 50 milhões de euros da Líbia, na época governada pelo ditador Muammar Kadhafi, para financiar sua campanha.

(Via G1 e O Globo)

Tags: