Home»Cotidiano»Fábrica clandestina é descoberta no Rio

A descoberta da fábrica ocorreu após ações de inteligência iniciadas há duas semanas

0
Shares
Pinterest Google+ Whatsapp
(62) 9 8219-1904 Fale com o Diário do Estado

Foi localizado na madrugada de hoje (22), uma fábrica clandestina de armas de fogo, munições e artefatos explosivos.  Os policiais apreenderam maquinários, equipamentos táticos e coletes balísticos entre outros materiais, em uma casa na zona norte do Rio.

Na operação os policiais tiveram apoio do 3º BPM (Méier). Dois homens foram presos no local. Israel Alves Silva, 30 anos, e Rafael dos Santos Teixeira Weitzel, 25 anos. De acordo com a Secretaria de Estado de Policia Militar, Rafael tem três anotações criminais e já foi condenado por roubo majorado e receptação.

No local, foram apreendidos um revólver calibre 38, uma pistola calibre.357, um rifle calibre 22, duas espingardas de ar comprimido,12 plataformas de fuzil, cerca de 4 mil e 800 munições de diversos calibres, 27 quilos de pólvora, 35.600 unidades de espoleta para produção de munição.

Também foram apreendidas 100 mil unidades de estojos para recarga, três máquinas para limpeza de estojos, nove máquinas de recarga, duas balanças de precisão, seis coldres de perna, um cunhete de munição militar, duas máquinas para regulagem de estojos, uma máquina de fundir chumbo e dois coletes balísticos.

A descoberta da fábrica ocorreu após ações de inteligência iniciadas há duas semanas pelas equipes do núcleo de inteligência da UPP Vila Cruzeiro.

As investigações agora seguem a cargo da 19ªDP (Tijuca), onde o caso foi registrado.

 

Agência Brasil

Newsletter do Jornal Diário do Estado – Assine já!

Comente á vontade!