Família processa policial que algemou menino de 8 anos na escola, nos EUA

Caso aconteceu em 2018, mas só agora vídeo foi divulgado

A família do garoto que foi revistado e algemado pela polícia na escola, nos Estados Unidos, está processando a cidade de Key West e a administração escolar do Condado de Monroe, na Flórida.

Apesar de ter acontecido em 2018, só agora as imagens foram divulgadas pelo advogado da família, que processa também a professora, o diretor e seu assistente.

O garoto tinha sido acusado de agredir uma professora e a polícia foi chamada. A criança chegou a ser levada para uma delegacia, onde foram colhidas suas impressões digitais e saliva. Ele também posou em fotografia para ser fichado e ficou alguns minutos detido numa cela para adultos.

Bianca Digennaro, a mãe, afirma que o filho sofre de déficit de atenção e transtornos de ansiedade. A escola, segundo a mãe, sabia disso. O garoto teria o hábito de reagir mal a contato físico e reagiu quando professora lhe chamou atenção.

Agora, aos 10 anos, ele está melhor, mas faz tratamento para superar o episódio com a polícia.

Veja o vídeo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Diário do Estado (@jornal_diariodoestado) em

Tags: