Fast Shop sofre ataque hacker e tem serviços suspensos

Informação foi confirmada pela empresa através de uma publicação no Twitter. Site e aplicativo voltaram a funcionar

A Fast Shop sofreu uma tentativa de inovação nos sistemas da empresa e, por este motivo, o site e o aplicativo da rede ficaram temporariamente fora do ar na manhã desta quinta-feira, 23.

A informação foi confirmada pela instituição por meio de uma publicação no Twitter. A princípio, a Fast Shop anunciou o fechamento temporário de todas as lojas da rede e o adiamento dos pedidos feitos pela internet, e pedia desculpas pelos transtornos.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Em seguida, disse que todos os serviços digitais já se encontravam restabelecidos e funcionando normalmente. Além disso, a equipe afirmou que todas as lojas estão abertas e operando normalmente em todo o país.

LEIA TAMBÉM

• Vídeo: em Aragarças, criança é resgatada após subir em caixa d’água• Pedestre morre em acidente na BR-153, em Goiânia• Presidente da CEF é investigado por denúncias de abuso sexual

A Fast Shop também destacou que “toda a base de informações da empresa está sob rígidos processos de segurança e não houve evidências de danos ao dados” dos clientes.

Confira a íntegra do comunicado da Fast Shop:

“A Fast Shop informa que identificou uma tentativa de acesso não autorizado aos sistemas da companhia. Como forma de prevenção, a empresa acionou os protocolos de segurança, e por este motivo, o site e o app ficaram temporariamente indisponíveis, porém já se encontram restabelecidos e funcionando normalmente. Ressaltamos que todas as lojas continuam abertas e operando regularmente em todo país.  Salientamos que toda a base de informações da empresa está sob rígidos processos de segurança e não houve evidências de danos aos dados de nossos clientes.”