Fim da Copa 2018: Casagrande se emociona e Arnaldo se despede

Com vitória francesa, a final da Copa do Mundo da Rússia 2018 terminou com emoção também para os brasileiros. A equipe de transmissão da Rede Globo, se emocionou com o desabafo do comentarista Walter Casagrande, que contou ser seu primeiro mundial limpo de drogas, arrancando lágrimas de Galvão Bueno.

“Pra mim essa Copa é a Copa mais importante da minha vida. Eu tinha uma proposta, quando eu vim pra cá, quando eu sai do Brasil, que era chegar aqui, pela primeira vez numa Copa do Mundo, sóbrio, permanecer sóbrio, e voltar para a minha casa sóbrio. Então eu estou muito feliz” disse o comentarista, ao vivo.

Em seguida, foi a vez de Arnaldo Cezar Coelho anunciar que está se aposentando da profissão de comentarista de arbitragem para se dedicar a família e a outros projetos pessoais, recebendo elogios pela sua carreira dos companheiros de transmissão. “Foi fantástico trabalhar durante a Copa do Mundo, mas estou estafado. Quero me distanciar um pouco, quero me dedicar um pouco à família e aos meus negócios”, afirmou.

Galvão Bueno se emocionou e agradeceu aos colegas de trabalho, porém também não confirmou presença na Copa de 2022. “Quero continuar trabalhando, é minha vida. Mas vamos resolver tudo com calma…”, disse. O narrador de 67 anos fez, ao longo da carreira, 12 Copas do Mundo. Ele se disse particularmente emocionado após o final do torneio deste ano, na Rússia.

Close