Fluminense desbanca o Flamengo e é o novo campeão Carioca

Tricolor empata com o rubro-negro em 1x1 e conquista a taça após depois de um longo jejum de título

Dez anos depois, o Fluminense voltou a ganhar o Campeonato Carioca. No Estádio do Maracanã, o Tricolor empatou em 1×1 com o Flamengo e sustentou a vantagem no agregado, após vitória por 2×0 no jogo de ida. Com isso, o Flu faturou a taça do Cariocão 2022 e conquistou o estadual pela 32ª vez na história. O clube é o segundo maior vencedor da competição, atrás apenas do próprio Fla, com 37 troféus.

Faz o L, Fluminense!

O Fluminense tinha uma vantagem confortável para o segundo confronto. O time podia perder por até um gol de diferença que ainda ficaria com as duas mãos na taça. Aos 28 minutos do primeiro tempo, foi exatamente isso que aconteceu. Após assistência de Arrascaeta, teve gol do Gabigol para alegrar a massa rubro-negra.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Mesmo atrás no placar, o Flu apresentava mais consistência dentro de campo, e isso rendeu o gol de empate. Na marca dos 43, Arias tabelou com Ganso e mandou a bola na área. Germán Cano conseguiu o desvio, a redonda raspou em Filipe Luís e foi parar no fundo das redes.

LEIA TAMBÉM

• Noite rubro-negra: Atlético-GO passa na Sula, Flamengo avança na Liberta• Como fica o panorama das quartas de final da Libertadores e Sul-Americana?• Atlético-GO faz história e bate time de Suárez na Copa Sul-Americana

Na comemoração, o artilheiro tricolor “fez o L” em sua tradicional celebração. E poderia ter feito mais no segundo tempo. Aos 16, a bola bateu no braço de Filipe Luís dentro da área e o árbitro marcou pênalti, após checagem no VAR. Na cobrança, porém, Cano chutou no meio e o goleiro Hugo Souza defendeu.

Aquilo deu uma sobrevida ao Flamengo. Contudo, a equipe ainda precisava de pelo menos dois gols para empatar o agregado. Teve bola na trave de David Luiz, pressão na reta final e expulsões de Fred e Bruno Henrique, mas não foi o suficiente. Clique aqui para ver a partida na íntegra.

Galo campeão e outros estaduais

Goianão e Cariocão não foram os únicos estaduais que tiveram suas conclusões neste sábado (2). Em jogo único pela final do Campeonato Mineiro, o Atlético bateu o Cruzeiro por 3×1 e levantou a sua taça de número 47. A Raposa é a segunda maior vencedora, com 38 títulos.

Pelo Campeonato Gaúcho, o Grêmio superou o Ypiranga por 2×1 (a ida ficou 1×0 para os gremistas) e venceu o estadual pela quinta vez consecutiva. Agora, o clube soma 41 títulos, contra 45 do maior campeão Internacional.

No Catarinense, o Brusque empatou com o Camboriú em 0x0 (ida ficou 1×1) e se sagrou campeão pelo critério do gol fora de casa. Foi a segunda conquista da história do Quadricolor. Avaí e Figueirense lideram o ranking, com 18 cada.

Por fim, no Mato-Grossense, o Cuiabá goleou o União Rondonópolis por 4×0 (ida ficou 3×2) e levou para casa o seu 11º título. O Mixto é o maior campeão do estado, com 23 taças, seguido pelo Operário, com 12. Já no Amazonense, o Manaus repetiu o placar de 2×1 contra o Princesa e emendou o penta. O Nacional continua na frente, com 43 títulos.

Tags: