GCM lança campanha após apreender 159 mil metros de linhas cortantes

A apreensão de linhas cortantes, usadas em pipas, fica mais acentuada em junho, julho e agosto, devido à temporada de ventania e férias.

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Goiânia apreendeu 159 mil metros de linhas cortantes, usadas em pipas, de janeiro deste ano até agora. Segundo a corporação, a apreensão desse tipo de material fica mais acentuada em junho, julho e agosto, devido à temporada de ventania e férias.

A GCM informou que esses quase 160 mil metros de linhas cortantes abrangem as chamadas ‘linha indiana’, ‘linha chilena’ e as linhas com cerol, que levam um preparo de cola e vidro. Ao todo, foram 78 apreensões ao longo de 2021 até agora, o que contabilizou 309 latas de linhas cortantes e 13 recipientes de preparo de cerol.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Na próxima semana, a GCM lançará a Campanha Pipa sem Cerol, realizada desde 2009, que tem como objetivo combater o uso do cerol em pipas e conscientizar a população.

No último sábado (3), uma motociclista de 24 anos morreu após cair da motocicleta que pilotava na BR-060, em Goiânia. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima apresentava um ferimento no pescoço, provavelmente oriundo de linha chilena.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros realizaram atendimento, mas mesmo com todas as tentativas, a jovem não resistiu.

Tags: