Gestores são convidados a falarem sobre paralisação de obras públicas do transporte

Durante sessão no plenário, o vereador Alysson Lima (PRB) informou a Casa que na próxima quinta-feira (09) vence o prazo para que o presidente da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), Fernando Olinto Meirelles e o secretário municipal de Infraestrutura, Fernando Cozzetti de Souza compareçam a Câmara para prestarem esclarecimentos sobre a situação do transporte público e das obras paralisadas em Goiânia.

O vereador disse que a qualidade do serviço oferecido pelas empresas de transporte é baixa e que a quantidade de ônibus circulando pela capital é abaixo do número ideal, além da frota não ser utilizada por completo. “A frota é de 1.350 veículos, mas a frota em circulação é de 911”, comentou Alysson.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

Se os gestores não comparecerem dentro do prazo do convite que havia sido enviado em janeiro, eles serão convocados regimentalmente. Lima disse que é importante saber quantas obras estão paradas e os motivos delas estarem nessa situação.

LEIA TAMBÉM

• Vídeo: Ônibus é guinchado por estacionar em local proibido, em Goiânia• Governo de Goiás anuncia investimento no transporte coletivo da Região Metropolitana• Prefeitura promete novidades no transporte público ainda em 2022

Tags: