Jornal Diário do Estado

Gibiteca Jorge Braga abre programação especial de férias

Atividades começam nesta quinta-feira, 06 e vão até o dia 28 de julho. O “Férias Literárias” conta com uma extensa programação gratuita

A Gibiteca Jorge Braga, unidade da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), preparou uma programação especial para as crianças e adolescentes no mês de julho. Desenvolvida pelas bibliotecárias e pedagogas da unidade, o “Férias Literárias” conta com uma extensa programação gratuita recheada de variedade que começa nesta quinta-feira, 06 e vai até o dia 28 de julho.

“Queremos oferecer uma opção gratuita e de qualidade para as crianças e adolescentes nas férias escolares, além de incentivar o hábito da leitura de maneira descontraída e lúdica. Sabemos que este hábito é essencial para a formação dos jovens” ressalta a Secretária de Estado da Cultura, Yara Nunes.

Atrações

Na programação tem contação de histórias, que será comandada pela pedagoga Tia Cristina, às terças e quintas, das 15h ás 17h. Já a brincadeira “O que é, o que é?”, com a pedagoga Camila Queiroz, será as segundas, quartas e sextas, em dois horários.

Pela manhã, das 9h às 12h e a tarde, das 15h às 17h. Uma Baladinha literária com músicas anos 90 e papo-cabeça com os leitores encerram a programação de férias no dia 28 de julho.

Além disso, durante todo o mês de julho, também haverá exposição de gibis, histórias em quadrinhos, mangás, livros infantil e infanto-juvenil, e um mural com informações sobre os gêneros literários e os benefícios da leitura.

Gibiteca Jorge Braga

Todas as atividades serão realizadas na Gibiteca, localizada no Centro Cultural Marietta Telles, na Praça Cívica, em Goiânia. Para participar não é necessário fazer inscrição, mas as crianças e adolescentes precisam estar acompanhados dos pais ou responsável legal.

Pioneira no gênero em Goiás, a Gibiteca Jorge Braga foi inaugurada em 22 de setembro de 1994. O espaço recebeu o nome de Jorge Braga, em homenagem ao cartunista, um dos poucos produtores de histórias em quadrinhos em Estado.

A unidade possui um acervo de mais de seis mil gibis e 11 mil livros, dentre eles, alguns raros. O espaço conta com ambiente aconchegante com mesas para leitura, tapete e almofadas para estimular a leitura.