Goiânia tem maior taxa de ocupação de UTI do Brasil com 94%

Informação é da Fiocruz, que analisou o percentual de internados em tratamento intensivo em todas as capitais brasileiras na primeira semana de janeiro deste ano

Goiânia acaba de bater um triste recorde nacional. A cidade é líder brasileira no total de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) na rede pública hospitalar. O percentual de internados para receber cuidados diferenciados na primeira semana de janeiro (dias 02 a 08) chegou a 94% do total de leitos com esse fim, segundo a Fiocruz.

A porcentagem coloca Goiânia na chamada situação crítica por ter mais de 80% de ocupação dos leitos de UTI. Nesse patamar também estão Fortaleza (88%), Recife (80%) e Belo Horizonte (84%). A instituição avaliou todas as 26 capitais e o Distrito Federal.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A classificação do Observatório Covid-19 se baseia na taxa de ocupação. Os índices de 60% a 79% são enquadrados como situação intermediária. Vitória (77%), Porto Velho (76%), Brasília (74%), Maceió (68%), Salvador (68%) e Macapá (60%) estão dentro desse grupo.

Os dados alertam que nesta quinta (13), Goiás está incluído entre os estados com situação intermediária, com 67% de ocupação dos leitos para covid.  Pernambuco líder a lista com 82% e está em alerta crítico. Um terço dos estados está com alerta intermediário ou crítico.

Tags: