Goiás estabelece termo de cooperação com Uruguai

No primeiro compromisso da Missão Comercial no Cone Sul, o governador Marconi Perillo estabeleceu, em Montevidéu, termo de cooperação com o Governo do Uruguai nas áreas de educação e cultura. A parceria vai promover o intercâmbio de estudantes, por meio do Goiás Sem Fronteiras, formação de professores, ensino da língua inglesa e a aproximação das orquestras sinfônicas do país sul-americano e do Estado.

Marconi foi recebido na manhã desta sexta-feira pela subsecretária de Educação e Cultura do Uruguai, Edith Morais, para discutir os termos da cooperação. Acompanhado da secretária de Estado de Educação, Cultura e Esporte, Raquel Teixeira, o governador apresentou os números e os avanços da educação formal, superior e profissional do Estado e manifestou o interesse das instituições de ensino nas três áreas em estreitar os laços com o Uruguai. Os secretários da Fazenda, João Furtado, e de Gestão e Planejamento, Joaquim Mesquita, que compõem a comitiva, também participaram.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

A subsecretária afirmou que a equipe do Ministério de Educação e Cultura do Uruguai ficou “muito impressionada” com o avanço de Goiás na educação, especialmente no que se refere à melhoria do ensino aprendizagem. “Temos muito a cooperar em função das transformações que estamos vivendo na Educação, para que, juntos, possamos oferecer a oferecer o melhor ensino”, disse Edith Morais. Ela citou a intenção do governo uruguaio de trabalhar em conjunto no educação básica, com destaque para o ensino de inglês e a formação de professores, além dos investimentos para o emprego das novas tecnologias de informação e comunicação nas escolas.

LEIA TAMBÉM

• Tráfico de drogas e armas corre solto nas plataformas digitais• Correios realizam leilão de 289 motocicletas em Goiás• Prefeitura de Goianésia realiza concurso com salário de até R$ 17 mil

A subsecretária e o governador também abriram a agenda de cooperação para que as Orquestras Sinfônicas do Uruguai e de Goiás aproximem seus músicos e direções para a formulação de um calendário de concertos nos dois países. Marconi apresentou para Edith Morais os investimentos para criação e formação da Orquestra Filarmônica do Estado de Goiás e para a Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de Goiás, destacando que ambas têm mantido calendário frequente de apresentações em diversos países ao redor do mundo.

Fonte: Goiás Agora

Tags: