Goiás registra duas mortes por cepa da dengue mais transmitida no mundo

Mortes foram registradas em Trindade e Aparecida de Goiânia. Município aparecidense foi o primeiro no país a registrar a cepa

O estado de Goiás confirmou as primeiras duas mortes pelo sorotipo 2 da dengue, que é a mais transmitida no mundo, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES). As vítimas residiam em Trindade e Aparecida de Goiânia. A cepa do vírus pode deixar os sintomas comuns da doença mais graves. Na América Latina, antes do Brasil, apenas o Peru tinha diagnosticado um caso.

Aparecida de Goiânia foi a primeira cidade no país a ter um caso da nova cepa identificado. Depois da descoberta, foram registrados um total de 87 amostras, no qual, sete testaram positivo para a cepa cosmopolita. Apesar do primeiro caso ter sido identificado em Goiás, durante os novos sequenciamentos genéticos, foi descoberto que o caso mais antigo foi no Peru, em julho de 2021.

• Compartilhe essa notícia no Whatsapp• Compartilhe essa notícia no Telegram

O vírus da dengue possuiu quatro sorotipos: 1, 2, 3 e 4. Cada um deles pode ser dividido em vários genótipos ou linhagens. O genótipo cosmopolita é uma das seis linhagens do sorotipo 2. No Brasil, predomina o tipo 1, com cerca de 90% dos casos. Para especialistas, a nova linhagem não é a responsável pelo grande aumento no número de casos da doença no país. Porém, é uma preocupação para 2023.

LEIA TAMBÉM

• Pai de ex-BBB morre em acidente de trânsito neste sábado, 13, em Goiás• Goiás chega a marca de 60 casos confirmados de varíola dos macacos• Tipo ‘Sessão da Tarde’: goiana se casa com indiano após comentário em rede social

Casos

A região Centro-Oeste tem a maior incidência de dengue no Brasil. Brasília é a capital com o maior número de caso, com mais de 52 mil registros. Goiânia é a segunda, com 42 mil. Em todo país, foram registrados 1.143 mil casos de dengue, um aumento de quase 200% se comparado ao mesmo período de 2021. Ao todo, 550 morreram devido ao vírus. Outros 359 óbitos são investigados.

Tags: