Jornal Diário do Estado

Goiás teve o 4º setembro mais quente já registrado na história

De acordo com o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo), os anos de 2020 e 2021 registraram uma temperatura média acima de 40ºC

Apesar das altas temperaturas registradas ao longo do último mês de setembro, chegando a 39,3ºC no último dia 29, o mês é apenas o quarto setembro mais quente desde o início do registro de temperaturas no Estado de Goiás.

De acordo com o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo), os anos de 2020 e 2021 registraram uma temperatura média acima de 40ºC.

O ano de 2022 vem logo abaixo com a maior média registrada em Goiás. “Está ficando mais quente, mas 2023 não foi o setembro com a maior máxima. 2020, 2021 e 2022 tiveram picos maiores que esse ano”, explica André Amorim , gerente do Cimehgo, ao Diário do Estado (DE).

Para esta quarta-feira, 4, a previsão é de pancadas de chuvas isoladas, em razão das combinação calor e umidade. Além disso, haverá formação de áreas de instabilidade em várias regiões do Estado de Goiás.

Em Goiânia, haverá variação de nebulosidade e sol com possibilidade de pancadas de chuvas em áreas isoladas. A temperatura máxima na capital pode chegar aos 34ºC e umidade relativa do ar variar entre 35% a 90%.