Jornal Diário do Estado

Governadora eleita anuncia que replicará programa Mães de Goiás em Pernambuco

Anúncio de Raquel Lyra ocorreu durante 25ª Conferência Nacional da Unale, que reuniu governador Ronaldo Caiado e outros gestores

Criado pela gestão do governador Ronaldo Caiado, o programa Mães de Goiás virou referência nacional e, em breve, será implementado no Estado de Pernambuco. O anúncio foi feito pela governadora eleita Raquel Lyra, na tarde desta quinta-feira, 10, durante a 25ª Conferência Nacional da Unale, realizada em Recife (PE). “Vamos montar o projeto Mães de Pernambuco para transferência de renda direta para mães de crianças de zero a seis anos que estão em situação de pobreza”, afirmou a futura governadora pernambucana.

Em Goiás, o programa atende 110 mil famílias com a transferência mensal de R$ 250 para mulheres com filhos de até seis anos e que vivem em situação de vulnerabilidade social. O dinheiro deve ser utilizado para comprar alimentos e medicamentos para as crianças. “Governadora Raquel Lyra, conte com o governador Ronaldo Caiado e com a primeira-dama Gracinha no que precisar do estado. Fico imensamente honrado por ter colocado no seu plano de governo o Mães de Goiás”, declarou o chefe do Executivo goiano.

Caiado e Lyra participaram, nesta tarde, de um painel com o tema “Gestão Pública nos Estados: Cenário para os próximos 4 anos”. O combate à fome a partir do desenvolvimento de políticas sociais efetivas foi um dos assuntos mais discutidos durante o debate, que também teve a participação dos governadores de Minas Gerais, Romeu Zema, e do governador eleito do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

A governadora eleita de Pernambuco mencionou o Mães de Goiás como um projeto que vai auxiliar o Estado no combate à pobreza. “Enfrentamos desafios imensos: duas milhões de pessoas estão passando fome. De cada quatro crianças de 0 a 10 anos no estado, uma delas passa fome”, relatou Lyra. “O desafio que temos é conseguir cuidar do passivo, mas também apontar um caminho para o futuro. Precisamos fazer o básico”, complementou.

Durante sua fala, por videoconferência, Caiado revelou que a meta para o próximo mandato é romper o ciclo da pobreza. E que, além do Mães de Goiás, sua gestão já tem realizado programas exitosos que atuam nesse sentido. É o caso do Bolsa Estudo, uma política pública que destina R$ 110 a todo aluno do Ensino Médio. O objetivo é combater a evasão escolar, incentivar a aprendizagem e atenuar os efeitos econômicos da pandemia da Covid-19.

O governador disse, ainda, que todo o investimento em educação e outras áreas – como saúde, segurança pública e social – são fruto de um esforço para reequilibrar as contas públicas e do ingresso ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), ocorrido com o apoio dos deputados estaduais. Por isso, Caiado afirmou que o espírito de parceria entre os Poderes que se criou em Goiás foi determinante. “Quero agradecer aos colegas deputados e dizer que devo minha governabilidade a vocês”, afirmou. “E tenho que dizer que se algum Estado está precisando, peço aos colegas deputados estaduais que ajudem os governadores”, recomendou aos participantes da 25ª Conferência Nacional da Unale.

Com o tema “Rumo ao Parlamento do Futuro”, a conferência realizada pela União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) ocorre entre os dias 9 e 11 de novembro, em Recife (PE), e tem o objetivo de discutir soluções práticas para o desenvolvimento legislativo. A organização do evento estima cerca de mil participantes. Entre eles, deputados estaduais brasileiros, senadores dos Estados Unidos, embaixadores de Taiwan e do Canadá, além de representantes do Mercosul e da China.